sexta-feira, 12 de abril de 2013

Qual profissional especialista devo procurar para tratar da minha saúde?

Curta nossa página no facebook

Resposta difícil: Depende !
Depende do que?


Do que você acha que tem!

Uma boa pergunta para os dias de hoje,  as especializações cresceram tanto em todas as áreas, as opções ficaram enormes e os “pacientes”, pessoas ficam com as informações que acham melhores, ouvindo de conhecidos casos semelhantes e fazendo suas escolhas, as vezes por indução de mídias, ou arriscando achar que conhece o que é melhor para si.
Hoje sem dúvida as escolhas estão cada vez mais difíceis em termos pessoais por causa de crenças e valores que nós mesmos atribuímos  e acreditamos que os profissionais de saúde sabem o que é melhor para nós.
 Com certeza cada um conhece ou deveria conhecer o melhor da sua técnica ou área que escolheu.


Outro dia um conhecido me disse na rua:
- Oi foi bom te encontrar, estou com uma dor de pescoço não consigo virar para o lado e ainda para ajudar uma dor de cabeça insuportável que eu faço?

Considerando que meu interlocutor tem uns 52 anos fiz algumas perguntas básicas:  Dormiu de mal jeito?, É o emocional que ta pegando?, Caiu ou bateu?
A quanto tempo você ta com essa dor? 
- Ah faz um mês mais ou menos?
- Um mês? Respondi...meio que espantado.
- Mas nesse mês que você ta com dor quem você procurou para se tratar?
- Bom, disse ele, primeiro passei na farmácia de um conhecido e comprei analgésicos, fizeram efeito no primeiro momento, mas depois voltou.
-Depois achei que era uma dor muscular de stress...ando muito nervoso ultimamente com a situação financeira.
 Fui em um massagista. Fez lá uma massagem muscular relaxante.
- Bom, resolveu? Perguntei?
- Não, passou na hora mas voltou...
- Foi em um Fisioterapeuta?
-Até fui fiz uma sessão, não dei continuidade. Não senti melhora.
- Ai você tem plano de saúde?
- Tenho sim, mas onde que eu vou qual profissional eu procuro?
- Bom menos mal pois os convênios ajudam muito no caso de internação e exames.
 Disse  para o meu amigo o seguinte:
-Na minha opinião:
“Se tivesse caído ou se acidentado, foi vitima de lesão com trauma de estrutura, um ortopedista-traumatologista, a meu ver seria o mais indicado pois  pode pedir os exames de imagem necessários, como ressonâncias, radiografias, tomografias,  e medicar corretamente.
 Depois disso um bom Fisioterapeuta, para reabilitação da lesão pós trauma.”

-  E você conhece Quiropraxia, já se tratou com um quiropraxista?
-Não,  o que faz exatamente um profissional de quiropraxia..nossa que nome esquisito, o que significa isso?
-Bom, quiro = mão, práxis = pratica, pratica com as mãos, terapia manual para dor, em tratamentos de dores musculoesquelética, cervicais, lombares, enxaqueca e outras que não forem orgânicas, nem de origem de traumas.
Tem muitas dores que não são doenças, nossas articulações sofrem pressões todos os dias e acontecem desvios que vão causando dor e desgaste.
- A Quiropraxia trata esse tipo de dor com alongamento, liberação muscular / articular e/ou  ajustes dos desvios vertebrais, uma técnica que surgiu nos Estados Unidos a mais de 100 anos, e trata com ajustes as articulações em uma mesa especial que chamamos de mesa de ajustes quiropáticos, com drop.

- Nossa!! Interessante acho que nesse caso vale a pena tentar!
- Pois é as vezes para se ter resultado diferente, é preciso fazer coisas diferentes.
- Agradeço nossa conversa....tô meio com pressa agora...depois te ligo..abraços.

Prof. Dr. Luis Figueiredo
Pós Graduado em Quiropraxia, pela FACIS – Faculdade de Ciencias da Saude. SP


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua contribuição como comentário seja bem vindo!

Postar um comentário